• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2018 by German Routes contato@germanroutes.com.br

Comercializado por German Routes - Brasil

CNPJ: 32.923.352/0001-05

O que fazer em Dresden? Conheça uma histórica e cultural cidade

 

A cidade está localizada às margens do rio Elba e reúne muita história, arte e principalmente beleza. Embora tenha sido uma das cidades mais destruídas durante as guerras, Dresden hoje esbanja encanto e é considerada por alguns como a cidade mais bela da Alemanha. Capital do estado da Saxônia, Dresden está também bem próxima à fronteira com a República Tcheca e é roteiro típico de quem faz o trajeto Berlim – Praga.

 

Se você planeja fazer esta viagem, não perca a chance de fazer uma parada em Dresden. A cidade é uma das mais verdes da Europa, com 63% da sua área coberta por zonas arbóreas ou florestais.

 

Saindo da estação central (Hauptbahnhof), conseguimos chegar ao centro antigo (Alt Stadt) com apenas 20 minutos de caminhada. Aqui, detacamos s os principais pontos históricos e artísticos da cidade:

 

O Striezelmarkt: Está entre os mercados de natal mais antigos do mundo, tendo seu surgimento no início do século XV (ano de 1434 mais precisamente). Por curiosidade, vale ressaltar que seu nome Striezel (ou Stollen) faz referência ao típico bolo de frutas da cidade, prato tradicional do Natal da região. Se você quer sentir a magia natalina que sobrevive a séculos, este é o lugar certo!

 

(Bildrechte: Landeshauptstadt Dresden / Sylvio Dittrich)

 

Semper Opera House: A Ópera Semper de Dresden é a casa de ópera mais famosa da Alemanha; abriga a Saxon State Orchestra, uma das orquestras mais antigas e mais conhecidas do mundo. Construído por Gottfried Semper no século XIX (entre 1838 e 1841), o Semper Opera House foi fechado em agosto de 1944 e destruído seis meses depois pelos ataques aéreos. Sua reconstrução foi tardia. Até 1985, os residentes de Dresden foram obrigados a viver sem o seu famoso edifício. A primeira apresentação foi "Der Freischütz" de Carl Maria von Weber, e foi o "Dresdener Festtage”, apresentado em fevereiro e março de 2010, que comemorou a abertura da Ópera Semper, estabelecendo o Prêmio da Paz de Dresden, concedido a Mikhail Gorbachev. O Semper Opera Ball também está intimamente associado à Opera House, o evento acontece todo mês de janeiro.

 

(NicosFotos– flickr/creative commons license)

 

Frauenkirche Church: Desde 30 de outubro de 2005, o campanário (torre que abriga os sinos) da Frauenkirche reveste novamente o horizonte de Dresden. Sua reconstrução é símbolo da reconciliação internacional pós Segunda Guerra e, por isso, contou com doações de fundações alemãs e internacionais. Milhões de pessoas do mundo todo já visitaram a igreja. O edifício sagrado foi erguido no século XVIII (entre 1726 e 1743), seguindo os desígnios de George Bähr. Sua cúpula, chamada de "sino de pedra" devido à sua forma, desmoronou em 15 de fevereiro de 1945 sob a chuva de bombas. As cores claras de seu interior trazem, invariavelmente, a sensação de leveza e paz. 

 

Cathedral: A catedral é o mais novo edifício barroco de Dresden. Com quase 4.800 metros quadrados, é também a maior igreja da Saxônia. Sua cripta (local onde eram enterrados os sacerdotes, aristocratas e membros do alto clero) "Sanctissimae Trinitatis", contém 49 sarcófagos dos príncipes e reis Wettin, bem como seus parentes. É também o lugar de descanso do coração de Augusto, o Forte. A construção é adornada com 78 figuras de pedra. Medindo 3 ½ metros de altura, foram criadas por Lorenzo Mattielli e representam os apóstolos, santos e dignitários da igreja. A catedral foi construída em estilo barroco no século XVIII (entre 1739 e 1755), pelo arquiteto italiano Gaetano Chiaveri. O restaurante do outro lado da rua, "Italienisches Dörfchen" (Vila Italiana), é um lembrete dos artesãos italianos que ajudaram a construir a igreja.

 

Royal Palace: O Palácio Real de Dresden já foi o centro de poder para os príncipes e reis saxões. Mencionada pela primeira vez no século XIV como um complexo de castelos, a estrutura do palácio de quatro alas foi desenvolvida no século XV. Depois de ter sido destruído por um incêndio, em 1701, o palácio foi reconstruído. E, após os ataques aéreos durante os últimos meses da Segunda Guerra Mundial, o palácio - com seus cerca de 500 salões e salas - voltou a incendiar. A maior parte da valiosa mobilia foi perdida. Em 1985, iniciou-se o processo de reconstrução, com o intuito de criar um complexo para o Staatliche Kunstsammlungen Dresden (Coleções de Arte do Estado de Dresden). O primeiro museu a se mudar para o Palácio foi o Kupferstich-Kabinett (Coleção de Gravuras, Desenhos e Fotografias); Exibe seus tesouros desde abril de 2004. Hoje, o exterior do Palácio Real é decorado em estilo Neorenaissance, enquanto seu grande pátio exibe pinturas de estilo renascentista.

 

Stallhof and Procession of Princes: Na Idade Média, jogos e torneios de cavalaria aconteciam ao vivo no Stallhof, local que faz parte do grande complexo do Palácio Real. Hoje, o tribunal que ficava entre o Johanneum e o "Langer Gang" (Long Arcade) é usado para eventos culturais. "A procissão dos príncipes" está localizada na parte externa do Stallhof, na praça Schlossplatz. O mural de 101 metros de comprimento representa a história dos Wettins, a família dominante da Saxônia, como uma procissão “maior do que a vida". 

 

Foto: (Dresden.de)

Um fato curioso sobre a cidade é que muitos dos prédios, mesmo totalmente reconstruídos, ainda estão com as marcas da guerra, seja por manchas das chamas dos bombardeios ou por algumas marcas de artilharia nas pedras. Isso se dá pelo fato de haverem reutilizado as pedras das estruturas comprometidas para reerguer a nova Dresden.

 

Dresden também tem regiões mais descoladas e modernas, que se assemelham aos bairros de Kreuzberg e Neukölln em Berlim. Um desses bairros é o Neustadt, onde existem diversas opções de bares e restaurantes, nos quais você pode se reunir com seus amigos e aproveitar o clima descontraído e hipster do lugar, bem diferente da região central antiga, onde se aglomeram grande parte dos turistas.

 

A cidade também possui um grande evento anual realizado em junho, chamado Bunte Republik Neustadt. Trata-se de um festival de cultura com duração de 3 dias no distrito da cidade de Dresden-Neustadt. Bandas ao vivo se apresentam de graça nas ruas e as pessoas podem encontrar todos os tipos de bebidas e alimentos. Um evento muito divertido!

 

Gostou e quer conhecer a cidade? 

 

Se você está procurando um guia em Dresden, fale com a gente! Contato (clique aqui)

 

Bis Bald!

 

Conheça os nossos passeios nesta linda cidade e por toda a Alemanha. E para ficar por dentro de todas as novidades siga o nosso instagram! @germanroutes #germanroutes #guiabrasileiraalemanha #agênciadeviagemalemanha

 

Guia em Dresden 

(www.pogacia-photo.com) Foto de capa

 

Share on Facebook
Please reload